Comentários

Perseguição e retaliação – Arma usada pelo governo Kerginaldo Pinto — 1 comentário

  1. MACAU:
    O que esta acontecendo com a nossa querida Macau? Os funcionários reclamam de baixos salários, atrasos no pagamento de seus salários, as instituições não funcionam, professores faltam as aulas desestimulados e apáticos. Aposentados clamam pelos seus proventos em dias, o sistema financeiro da cidade parou. O que esta acontecendo com Macau? O legislativo impassível de suas competências a todos esses acasos e Por fazerem parte de uma balança que só pende para um lado. É as autoridades não ouvem o clamor social de Macau. Faculta-me o direito de pensar que todos esses acontecimentos, não retrata a verdade do povo em uma cidade que teve uma arrecadação de cifras milionárias, em um período de quatro anos que esta chegando a reta final. Obras! Não há expressividade física em que se possa admitir que as contas de debito e credito estejam balanceadas, ou seja, justificadas. Eu faço o seguinte questionamento: O povo tem o Governo que merece? Ou Governo merece o povo que tem? (Para governar é preciso aproveitar-se dos vícios dos homens, não de suas virtudes! Napoleão Bonaparte).
    Fico perplexo quando observo que muitos desses que hoje reclamam e expõem os descasos, foram os contingentes que caminharam ao lado com esse Governo na campanha passada. Se esse Governo não faz parte da solução, ele é parte do problema. Não souberam votar! Ou na duvida por que votaram? São emblemáticos os acontecimentos de minha querida Macau, terra em que nasci é desejo se plantado. Eu estou fazendo este pequeno relato, sou cidadão de coração salgado e resido aqui. O meu proposito não é de denegrir instituições nem Governo, venho como cidadão preocupado com o que eu estou vendo e acompanhando, como filho dessa terra utilizando o meu direito constitucional do estado democrático Brasileiro, faço às indagações pertinentes ou criticas que as entendam como construtivas ou não.

Deixe seu comentário no Terra do SAL.com

%d blogueiros gostam disto: